2ª Via do Carnê do IPTU Online

Operação Verão começa em todo o estado

Começou neste domingo, 1 de dezembro, a Operação Verão 2013/2014 em todo o estado de São Paulo.

A Prefeitura de Porto Feliz, através da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec), se antecipou e desde outubro tem desenvolvido ações de prevenção.

Para tanto, a Comdec promove mobilização entre as secretarias, diretorias e coordenadorias integrantes do Sistema Municipal de Defesa Civil, os órgãos de atendimento emergencial, e a própria comunidade. Esses planos, desenvolvidos ao longo do ano, reforçam as ações de monitoramento meteorológico e pluviométrico, bem como das vistorias técnicas de campo para a retirada prévia de moradores de áreas de risco iminente.

Estão estruturados em quatro níveis (observação, atenção, alerta e alerta máximo), indicando, progressivamente, a possibilidade de ocorrência de escorregamentos; para cada um deles, são previstos procedimentos operacionais preventivos. A análise integrada dos parâmetros (índices pluviométricos, previsão meteorológica e vistorias de campo) indica o nível do Plano Preventivo que será realizado no município.

 

Como funciona a Operação Verão

As equipes municipais de Defesa Civil são preparadas para o desencadeamento de ações preventivas com o acompanhamento da previsão meteorológica, a medição dos índices pluviométricos e as vistorias técnicas de campo em áreas de risco, visando a remoção preventiva dos moradores das áreas em situação de risco iminente.

O objetivo é aperfeiçoar os recursos existentes e antecipar situações de risco, articulando a participação das Secretarias Estaduais e Municipais envolvidas, órgãos de atendimento emergencial (Polícia Militar, Corpo de Bombeiros), equipes de Defesa Civil dos municípios e a própria comunidade.

São também reforçadas ações preventivas, de preparação, de resposta e recuperativas, visando prevenir ou minimizar as consequências típicas geradas pelas chuvas, haja vista que as consequências mais comuns do período de verão são: inundações, alagamentos, escorregamentos de terra (deslizamentos), vítimas de raios, vítimas de vendavais e granizo, e prejuízos aos serviços essenciais (energia elétrica, água, saneamento e saúde).

  • Rádio Porto

    Alternativo