Técnicos da Diretoria de Meio Ambiente ministram palestras sobre animais peçonhentos

Na quinta, 8, técnicos ambientais da Diretoria de Meio Ambiente da Prefeitura de Porto Feliz, juntamente com o biólogo, Diogo Barea, do Centro de Zoonoses de Itu, estiveram na empresa Lanxess ministrando palestra sobre “Prevenção de acidentes com animais peçonhentos”.

Na oportunidade, foram abordados assuntos sobre a manutenção dos animais peçonhentos, procedimentos para captura sem danificar a integridade física dos mesmos, técnicas para a identificação das principais espécies da região e esclarecimento sobre mitos relacionados aos primeiros socorros, incluindo ainda a interação do público com os animais exibidos na palestra.

”Nosso objetivo principal é fazer com que as pessoas, quando deparadas com animais peçonhentos, tenham algum conhecimento sobre a biologia deste animal e possam proceder sua captura da maneira correta, evitando acidentes e sem necessidade de que o mesmo seja abatido”, comentou o biólogo Ralph Figueiredo, coordenador de Gestão Ambiental da Prefeitura de Porto Feliz.

Os principais animais peçonhentos responsáveis por acidentes em nossa região são: a Jararaca (Bothrops jararaca), a Cascavel (Crotalus durissus), a cobra Coral verdadeira (gênero Micrurus), a Aranha Armadeira (Phoneutria nigriventer), Escorpião Amarelo (Tityus serrulatus) e Escorpião Marrom (Tityus bahiensis).

Outros animais comuns em nosso Município porém com menor teor de veneno são a Tarântula de Jardim (Lycosa tarantula), a Aranha Caranguejeira (família Teraphosidae) e a falsa Coral (Oxyrhopus).

  • Vídeos

    Invista em Porto Feliz

    Rádio Porto

    Alternativo