PREFEITO LEVI FAZ REUNIÃO COM A SECRETARIA ESTADUAL DE TRANSPORTE E LOGÍSTICA

No último dia 20 de Agosto de 2014, o Prefeito Municipal Levi Rodrigues Vieira, o Secretário de Desenvolvimento Social e Urbanismo, Michel Alberto Zangerônimo e o Diretor de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Célio Peixoto dos Santos, participaram de uma reunião na Secretaria Estadual de Transporte e Logística, para tratar da liberação da passarela na altura do Km 133+500 na Rodovia Marechal Rondon (SP 300) e a duplicação da SP 97, que liga Porto Feliz à Rodovia Castelo Branco onde foram recepcionados pelo Chefe de Gabinete, Fernando Hiro,

Na ocasião, foi apresentado um dossiê que constituía de fotos de pessoas atravessando a pista e matérias de jornais, onde o Governador anuncia a liberação da passarela. O Prefeito Levi Rodrigues Vieira ressaltou que a passarela irá beneficiar os moradores e trabalhadores do Bairro Jd. Brasil e adjacências e lembrou que a passarela foi liberada em 03 de Abril de 2013, pelo Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin juntamente com executivos da Rodovia das Colinas, na inauguração de trecho da duplicação da SP 300 e que tal solicitação visa dar segurança para o povo porto-felicense que diariamente arrisca a vida atravessando a pista.

De acordo com o Chefe de Gabinete, Fernando Hiro, o Secretário de Transportes e Logística, Clodoaldo Pelissioni irá despachar para a Diretoria da ARTESP o dossiê apresentado pelo Prefeito solicitando a elaboração do projeto para implantação da passarela, tendo em vista a obra já ter sido liberada pelo Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Duplicação da SP 97 – Porto Feliz até a Rodovia Castelo Branco

Na reunião também foi reiterado a duplicação da SP 97, trecho que liga Porto Feliz até a Rodovia Castelo Branco. A solicitação visa o cumprimento do protocolo de intenções assinado entre Governo do Estado de São Paulo e a Toyota do Brasil no anúncio da fábrica de motores de Porto Feliz.

De acordo com o Prefeito Levi Rodrigues Vieira, a SP 97 possui um volume de fluxo diário elevado e por ser pista de mão única, ocorre o risco de acidentes fatais. A duplicação irá fomentar a segurança da população; facilidade para escoamento de produção e acelerar o crescimento econômico de Porto Feliz e região. “Estamos trabalhando na elaboração de um projeto funcional e executivo em conjunto com a iniciativa privada, após a conclusão dos trabalhos, vamos doar os projetos para o Estado, visando facilitar a liberação da duplicação da SP 97”, disse.

  • Vídeos

    Invista em Porto Feliz

    Rádio Porto

    Alternativo