Editais de Licitação
2ª Via do Carnê do IPTU Online

Secretaria Municipal de Saúde reúne autoridades religiosas para reforçar combate à dengue

Na última terça-feira, 17, a Secretaria de Saúde de Porto Feliz reuniu lideranças de todos os segmentos religiosos do município para reforçar o pedido de colaboração da comunidade no combate ao mosquito transmissor da dengue na cidade. O encontro aconteceu no auditório do Paço Municipal.

Os convidados foram orientados sobre a vistoria e conservação dos prédios; a importância de unir forças e multiplicar informações para eliminar os focos de proliferação do mosquito; os sintomas e procedimentos em caso de suspeita da doença, entre outras recomendações. Também foi apresentado o plano de ações desenvolvido pelo município no combate à dengue.

A palestra contou com a presença do prefeito Cláudio Maffei (PT), da secretária de Saúde, Claudia Meirelles, e da chefe de Gabinete, Regiane Aguiar Silva Bergamo.

 

Combate à Dengue

A Secretaria de Saúde desenvolve várias ações para evitar a proliferação dos focos e consequentemente o surgimento de casos da doença. O trabalho de prevenção inclui supervisão de prédios públicos e escolas — lugares em que há um fluxo grande de pessoas. No ano passado, também foram realizadas varreduras, nebulizações e visitas casa a casa, além do mapeamento de casas fechadas e agendamento de visitas nesses imóveis. A Saúde efetuou ainda treinamento com professores, coordenadores e diretores de escola, médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem tornando-os agentes multiplicadores dos cuidados a serem tomados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

 

Recomendações

Para diminuir os criadouros, a Vigilância Sanitária e Epidemiológica de Porto Feliz (Visaep) recomenda à população adotar medidas simples como manter vasos sanitários tampados, lavar as vasilhas dos animais, verificar as tampas das caixas d’água e colocar telas protetoras sobre elas, substituir a água dos vasos de plantas por terra, evitar plantas aquáticas, preencher os pratinhos de plantas com areia (em medida suficiente para não acumular água), secar o suporte para copos dos bebedouros, desobstruir calhas do telhado para evitar acumulo de água, evitar armazenar pneus ou qualquer recipiente que possa acumular água, colocar detergente ou sabão em pó em bandejas de refrigeradores e ralos, entre outras.

De acordo com a Secretaria de Saúde, em caso de aparecimento de algum dos sintomas da doença, o cidadão deve procurar pela unidade de saúde mais próxima de sua residência. Para mais esclarecimentos, o telefone (15) 3262-4200, da Visaep, está à disposição da população.

  • Rádio Porto

    Alternativo