Inauguração da escola Zilda marca 3 comemoração em 7 de setembro

Governo Municipal realizou na sexta-feira, 7, a entrega oficial do prédio da EMEF Zilda Tomé de Moraes, na Rua Santa Moro Coan, Jardim Porto Feliz e será destinada a alunos do Ensino Fundamental de 1º ao 5º ano.

A obra teve início em 14 de junho de 2011 e foi executada com recursos próprios da Prefeitura Municipal, totalizando um investimento de R$ 6.692.964,46. A empresa contratada pela a execução do serviço é a RTA Engenharia e Construções Ltda, vencedora do processo licitatório.

De acordo com a Diretoria de Educação, a EMEF tem capacidade para acomodar cerca de 700 alunos em 11 salas existentes, divididos em dois períodos, que desde a última terça-feira, 11, estão acomodadas no novo prédio. Antes, os alunos estavam estudando na sede provisória da escola, na antiga Cozinha Piloto.

A solenidade de inauguração teve a presença do prefeito Cláudio Maffei (PT), vice-prefeito e secretário de Educação, Cultura e Esportes, Júlio Cesar Bronze, secretário de Obras Públicas, Planejamento Urbano e Habitação, Sandro Marcelo Belo, e familiares da homenageada, além de outros secretários, diretores municipais e população.

O evento foi abrilhantado com as apresentações feitas por: Banda União, EMEF Antonio de Pádua (fanfarra), EMEF Coronel Esmédio (libras), EMEF Domingos de Marco (dança), EMEF Zilda Tomé de Moraes (músicas), Grupo Alpha, Desbravadores e Instituto Sonorum.

 

Solenidade

Durante a solenidade, prefeito Maffei em discurso agradeceu a todos os envolvidos com a construção do prédio. “A obra de uma escola é uma construção coletiva. Um dos momentos mágicos da administração, é quando a gente inaugura uma escola, e por isso, eu gostaria de agradecer a Deus, primeiramente, agradecer ao povo de Porto Feliz, aos professores, aos funcionários da prefeitura, enfim, que muito tem feito para o sucesso dessa administração”, concluiu. Em oportunidade, esclareceu sobre o atraso da obra. “Esta obra atrasou sabem por quê? Há um tempo, na Câmara Municipal, não se suplementou um valor por causa desse muro. A oposição abriu uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), não deixando suplementar uma verba, que não deixou construir esta escola. Tanto é que acabamos construindo a Domingos de Marco antes desta. Hoje, eu, enquanto prefeito de Porto Feliz, Quero pedir desculpas a você, pai, a você, mãe, pelo tempo que levou pra gente construir”, explicou. “Estar como governante, inaugurando uma escola, é maravilhoso. Pode ter a crítica que for, não tem problema, o importante é que a gente consegue fazer. E no dia 7 de setembro, não podia ter nada mais cívico na nossa cidade do que a entrega de uma escola tão maravilhosa com o nome de uma professora tão maravilhosa”, concluiu.

O vice-prefeito Júlio Bronze também fez agradecimentos especiais. “Queria fazer um agradecimento especial a toda a comunidade da escola Zilda, e principalmente, aos pais dos alunos, pela confiança depositada em nós. Naquele momento em que nós tivemos a notícia em que não poderíamos mais dividir espaço com os alunos da escola Coronel Eugênio Mota e teríamos que ocupar o espaço da antiga Cozinha Piloto, o momento foi de aflição, pois estávamos mudando as crianças do seu bairro, era natural que os pais estivessem inseguros. Mas vocês confiaram na gente e essa confiança, retribuímos hoje com a entrega dessa escola”, destacou.

  • Rádio Porto

    Alternativo