2ª Via do Carnê do IPTU Online

Prefeitura começa revitalização do córrego Pinheirinho

A Prefeitura de Porto Feliz em parceria com o Instituto Refloresta começou o corte da vegetação exótica no córrego Pinheirinho, para a sua restauração com árvores nativas.

Desde a semana passada, estão sendo cortadas as árvores leucenas. De acordo com o Instituto Refloresta, o corte é necessário devido à leucena ser uma espécie invasora — assim chamadas, pois invadem e ocupam os espaços de forma muito vigorosa impedindo que as plantas nativas possam crescer no mesmo local.

O córrego Pinheirinho está tomado por esse tipo de árvore que impede outras inúmeras espécies nativas, inclusive muitas frutíferas, de crescer na área. Para que seja possível recompor a vegetação do Pinheirinho com espécies originais da Mata Atlântica será necessário, numa primeira etapa, eliminar e controlar a rebrota das leucenas, mamonas e do capim que cresce por toda a área. Todo o trabalho tem autorização dos órgãos ambientais.

Depois dessa etapa, serão plantadas mais de 80 espécies diferentes de mudas de árvores nativas, enriquecendo a biodiversidade do local.

 

Importância do trabalho

O Instituto Refloresta informa que existem muitas nascentes na área urbana que se encontram desprotegidas e plantar árvores nativas em volta dessas nascentes e na extensão dos córregos ajudarão a preservá-las.

O córrego Pinheirinho está em toda a avenida Dr. Antônio Pires de Almeida (Dr. Antoninho). A principal nascente do córrego está logo abaixo da rotatória e está tomada pelas leucenas.

Para tirar dúvidas sobre a revitalização do projeto, a diretoria de Meio Ambiente disponibiliza o telefone 3262-1077. Também é possível utilizar-se do endereço eletrônico mariana@refloresta.org.br.

  • Rádio Porto

    Alternativo